Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

República Francesa

france
Desde a Independência, a França ocupa posição central na formação cultural, intelectual e institucional brasileira. Foram buscadas naquele país ideias políticas, filosóficas e religiosas, assim como modelos escolares, universitários e militares que seriam empregados no Brasil. Não é coincidência, portanto, que ambas as sociedades estejam enraizadas em valores democráticos, humanistas e igualitários comuns.

Além dos laços históricos, os dois países também compartilham fronteira terrestre com mais de 700 km de extensão, situada entre o Amapá e o Departamento francês da Guiana – havendo potencial para maior integração da Guiana Francesa com a região Norte do Brasil.

A importância crescente das relações entre os dois países foi reconhecida quando os Presidentes Lula e Chirac firmaram Parceria Estratégica (2006), com ampla agenda de intercâmbio e cooperação. O Plano de Ação da Parceria Estratégica franco-brasileira (2008) centrou-se sobre eixos como diálogo político e governança internacional; relações econômicas e comerciais; cooperação nas áreas de defesa, espaço, energia nuclear, desenvolvimento sustentável; domínios da educação, línguas, ciência e tecnologia; temas migratórios e transfronteiriços; e atuação conjunta em terceiros países, em particular na África.

A Parceria Estratégica com a França ultrapassa os setores propriamente estratégicos e de defesa; teve, contudo, nestas áreas – que envolvem tecnologias sensíveis e sujeitas a controles mais rígidos – a expressão mais firme da determinação dos dois países de construir associação de natureza especial. As iniciativas implementadas no setor de defesa, com dois grandes programas em submarinos e helicópteros, e o desenvolvimento da cooperação nos setores espacial e de supercomputadores, tornaram-se emblemáticas do alto nível de entendimento.

A cooperação nos campos da ciência, tecnologia e inovação é outra vertente importante das relações bilaterais. Um dos parques tecnológicos mais avançados do mundo, a França conta com capacidades autônomas em todos os setores-chave da economia. Trata-se, ademais, de tradicional destino para estudantes e pesquisadores brasileiros).

A França apoia a ampliação do Conselho de Segurança da ONU em ambas as categorias de membros, incluindo um assento permanente para o Brasil. O país é um dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança e também ocupa a sexta posição entre as maiores economias do mundo. Trata-se de importante parceiro do Brasil em questões de paz e segurança, desarmamento e não-proliferação, direitos humanos, comércio, finanças, desenvolvimento sustentável e meio ambiente. O diálogo bilateral sobre essas questões beneficia-se, também, de visão compartilhada sobre o reforço da independência nacional e do direito internacional.

A França é um dos principais parceiros comerciais brasileiros. Em 2018, a corrente de comércio bilateral superou US$ 6 bilhões. O país foi o 21º principal cliente do Brasil e o 10º principal fornecedor. A crescente presença de empresas francesas no território brasileiro ajuda a explicar a intensidade das trocas comerciais entre os dois países. Há 890 empresas, com ao menos 10% de capital acionário francês, instaladas no Brasil, dentre as quais 38 do CAC 40 (índice que congrega as 40 maiores empresas abertas cotadas na Bolsa de Paris). O estoque de investimentos franceses no país está estimado em US$ 29 bilhões, abrangendo setores como o comércio varejista, eletricidade, telecomunicações, automóveis, alimentos, metalurgia e tecnologia da informação.

Cronologia das relações bilaterais

1555-60 – Ocupação francesa do atual Rio de Janeiro (França Antártica)

1612-15 – Ocupação francesa do atual Maranhão (França Equinocial)

1809-17 – Ocupação luso-brasileira da Guiana Francesa

1816 – Missão artística francesa ao Brasil

1825 – Reconhecimento da Independência do Brasil pela França

1826 – Tratado de Amizade, Navegação e Comércio entre o Brasil e a França

1900 – Arbitragem sobre a fronteira entre o Brasil e a França

1920-39 – Missão militar francesa ao Brasil

1934 – Fundação da Universidade de São Paulo, com apoio de missão acadêmica francesa

1959 – Inauguração da Casa do Brasil na Cidade Universitária de Paris

1964 – Visita ao Brasil do Presidente Charles de Gaulle

1997 – Visita do Presidente Jacques Chirac ao Brasil (março)

2001 – Visita à França do Presidente Fernando Henrique Cardoso e ao Brasil do Primeiro-Ministro Lionel Jospin

2003 – Participação do Brasil, a convite da França, da Cúpula do G8, em Evian

2005 – Ano do Brasil na França; visita à França do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva

2006 – Lançamento da Parceria Estratégica Brasil-França, por ocasião da visita ao Brasil do Presidente Jacques Chirac

2008 – Assinatura do Plano de Ação da Parceria Estratégica Brasil-França, por ocasião da visita ao Brasil do Presidente Nicolas Sarkozy; encontro dos Presidentes Lula e Sarkozy na Guiana Francesa

2009 – Ano da França no Brasil; visitas à França do Presidente Lula e ao Brasil do Presidente Sarkozy

2011 – Visita ao Brasil do Primeiro-Ministro François Fillon

2012 – Visita à França da Presidenta Dilma Rousseff

2013 – Visita de Estado do Presidente da República Francesa, François Hollande, a Brasília (12 de Dezembro)

2014 – Viagem do Ministro Luiz Alberto Figueiredo Machado a Paris (19 de março)

2015 – Viagem do Ministro Mauro Vieira a Paris, ocasião em que mantém reunião de trabalho com o Ministro dos Negócios Estrangeiros e do Desenvolvimento Internacional da França, Laurent Fabius (3 de junho)

2015 – Visita do Ministro dos Negócios Estrangeiros e do Desenvolvimento Internacional da França, Laurent Fabius, a  Brasília (22 de novembro)

2015 – Viagem da Presidenta Dilma Rousseff a Paris, por ocasião da 21º Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima – COP21 (30 de novembro)

2016 – Reunião de trabalho do Ministro Mauro Vieira com o Ministro dos Negócios Estrangeiros e do Desenvolvimento Internacional da França, Laurent Fabius, à margem da  Conferência Internacional de Apoio à Síria e Região, em Londres (4 de fevereiro)

2016 – Visita do Presidente François Hollande ao Rio de Janeiro, por ocasião dos Jogos Olímpicos

2017 – O ministro Aloysio Nunes visita Paris, ocasião em que mantém reunião de trabalho com o ministro da Europa e dos Assuntos Estrangeiros de França, Jean-Yves Le Drian (28 de agosto)

2017 – Inauguração da ponte sobre o Rio Oiapoque, entre o Brasil e a Guiana Francesa

2018 – Visita ao Brasil do secretário-geral do Ministério da Europa e dos Negócios Estrangeiros da França (3 a 6 de junho)

2018 – Lançamento ao mar do submarino Riachuelo, construído em parceria com a França por meio do projeto PROSUB (14 de dezembro)

2019 – Viagem do Ministro Ernesto Araújo a Paris, ocasião em que mantém reunião de trabalho com o Ministro da Europa e dos Negócios Estrangeiros, Jean-Yves Le Drian (24 de maio)

2019 – Encontro entre o Presidente Jair Bolsonaro e o Presidente Emmanuel Macron, à margem da 14ª Reunião de Cúpula do G-20 (Osaka, 28 de junho)

2019 – Visita ao Brasil do ministro dos Negócios Estrangeiros da França, Jean-Yves Le Drian (29 de julho)

Fim do conteúdo da página