Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
fiji
 
O Brasil estabeleceu relações diplomáticas com a República de Fíji em 16 de fevereiro de 2006. Fíji anunciou, em julho de 2008, sua decisão de abrir Embaixada residente em Brasília, e, por sua vez, o Governo brasileiro decretou em junho de 2010 que sua Embaixada em Camberra seria cumulativamente responsável pela representação do Brasil perante o Governo fijiano.
 
Em setembro de 2011, o Primeiro-Ministro interino Voreqe Bainimarama visitou Brasília para inaugurar oficialmente a primeira Embaixada de Fíji na América Latina. O embaixador Cama Tuiloma, primeiro embaixador de Fíji no Brasil, entregou suas cartas credenciais à Presidenta Dilma Rousseff em fevereiro de 2012. Durante a Rio+20, em junho de 2012, o Primeiro-Ministro Voreqe Bainimarama visitou o Brasil novamente.
 
Em novembro de 2013, Brasil e Fíji celebraram seu primeiro acordo bilateral, o Acordo de Cooperação Técnica. Há interesse fijiano de cooperação técnica em matéria de açúcar, etanol e pesca, e as autoridades fijianas consideraram que o Brasil poderia ser um parceiro importante para ajudar na modernização da agricultura daquele país, permitindo o desenvolvimento de indústrias agrícolas sustentáveis para atender ao mercado interno e aumentar suas exportações.
 
 
Cronologia das Relações Bilaterais
 
2005 – Primeira missão oficial do Brasil a visitar Fíji
 
2006 – Estabelecimentos de relações diplomáticas
 
2011 – Abertura da Embaixada de Fíji em Brasília e primeira visita de Chefe de Governo fijiano ao Brasil
 
2012 – Segunda visita do Primeiro-Ministro interino Voreqe Bainimarama ao Brasil, durante a Rio+20
 
2013 – Assinatura do Acordo de Cooperação Técnica
 
2014 – Assinatura do Acordo sobre Consultas Políticas
 
 
Fim do conteúdo da página