Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
estonia
 

A Embaixada do Brasil em Talin foi aberta em 2011. Prevê-se a abertura oficial da Embaixada da Estônia em Brasília ainda em 2014.

Em 1921, o Brasil reconheceu a independência da Estônia – que havia sido declarada em 1918. Mesmo antes do reconhecimento formal, no entanto, o país já havia votado a favor da admissão da república báltica na Liga das Nações.

Diante do fim da URSS, o Parlamento estoniano aprovou, em agosto de 1991, resolução por meio da qual a Estônia recobrava sua independência "de facto" e reiterava a continuidade do Estado desde 1918. O Brasil reconheceu os efeitos dessa declaração em setembro de 1991, restabelecendo relações diplomáticas plenas em dezembro do mesmo ano.

O Brasil já recebeu quatro visitas do Ministro dos Negócios das Estônia, Urmas Paet. Além de visita de trabalho bilateral (2008), participou do Fórum da Aliança das Civilizações (2010), da Reunião da Parceria para o Governo Aberto (2012) – ocasião em que manteve breve encontro com a Presidenta Dilma Rousseff – e da Rio+20 (2012).

A visita do Chanceler Celso Amorim a Talin, em junho de 2010 – a primeira de um Ministro brasileiro àquele país – representou importante marco na relação bilateral. O Chanceler foi recebido pelo Presidente Hendrik Ilves, pelo Primeiro-Ministro Andrus Ansip e reuniu-se com o Ministro dos Negócios Estrangeiros e outras autoridades. Os Chanceleres assinaram Memorando de Consultas Políticas e discutiram a possibilidade de incrementar o comércio bilateral.

 

Cronologia das relações bilaterais


1921 – Brasil reconhece a independência da Estônia

1940 – Incorporação da Estônia à URSS. O Brasil, no entanto, continua a manter relações com o país

1991 – Estabelecimento de relações diplomáticas plenas entre Brasil e Estônia

2006 – Entrada em vigor do Acordo de Cooperação em Turismo e do Acordo de Cooperação Educacional

2008 – Visita oficial a Brasília do Ministro dos Negócios Estrangeiros da Estônia, Urmas Paet

2011 – Abertura da Embaixada residente do Brasil em Talin

2012 – Deputado Paulo Pimenta chefia delegação brasileira à Estônia para avaliar possibilidades de cooperação em "e-government"

2013 – Abertura da "Missão Especial" da Estônia, precursora da Embaixada residente do país em Brasília

2014Visita ao Brasil do Ministro dos Negócios Estrangeiros da República da Estônia, Urmas Paet (agosto)

 
 
Fim do conteúdo da página