Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
cazaquistao
 

Brasil e Cazaquistão estabeleceram relações diplomáticas em 1993. O diálogo bilateral foi impulsionado pela inauguração, em 2006, da Embaixada do Brasil em Astana – a primeira representação diplomática residente de país latino-americano na Ásia Central – e pela abertura da Embaixada do Cazaquistão em Brasília, em 2013. Os dois países realizam reuniões de consultas políticas, a mais recente delas realizada em Brasília, em 2012.

Brasil e Cazaquistão compartilham algumas posições em fóruns multilaterais, em temas como desenvolvimento sustentável e preservação do meio ambiente. O Brasil apoia o ingresso Cazaquistão na OMC e recebeu o apoio cazaque ao seu pleito de obtenção de assento permanente no Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Os Governos brasileiro e cazaque estão negociando acordos para avançar iniciativas bilaterais de cooperação e para aprofundar as relações de comércio e investimentos. Estão sendo implementadas parcerias na área esportiva, que incluem a formação de jogadores cazaques de futebol no Brasil.

O fluxo de comércio entre os dois países tem crescido significativamente, evoluindo de US$ 45 milhões em 2002 para mais de US$ 200 milhões em 2012. Em 2013, o Brasil participou do VI Fórum Econômico de Astana. Há empresas brasileiras atuando no mercado cazaque e outras analisam instalar-se no país, para produção e exportação aos mercados da Comunidade dos Estados Independentes.

 

Cronologia das relações

1993 – Brasil e Cazaquistão estabelecem relações diplomáticas

2006 – Abertura da Embaixada do Brasil em Astana

2007 – Visita ao Brasil do Presidente Nursultan Nazarbayev

2009 – Visita ao Cazaquistão do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva

2013Abertura da Embaixada do Cazaquistão em Brasília, por ocasião da visita ao Brasil do Ministro dos Negócios Estrangeiros Erlan Idrissov

2013 – Brasil participa do VI Fórum Econômico de Astana

 
 
Fim do conteúdo da página