Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Estado do Catar

catar
As relações diplomáticas entre o Brasil e o Catar foram estabelecidas em 1974, três anos após a independência do Catar. O Brasil se fazia representar por seu embaixador em Jedá (a partir de 1974) e em Abu Dhabi (a partir de 1983) e o Catar, por seu representante permanente junto às Nações Unidas, em Nova York. Em abril de 2005, o Brasil abriu sua embaixada residente em Doha. A embaixada catariana residente no Brasil foi reaberta em junho de 2007.

As relações políticas bilaterais têm se intensificado marcadamente desde então, evidenciadas pelo aumento sensível do número de visitas oficiais de alto nível de parte a parte. Em janeiro de 2010, o emir Hamad Al Thani visitou o Brasil e, em maio de mesmo ano, recebeu o presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Doha. Em dezembro de 2011, o vice-presidente Michel Temer viajou a Doha para participar do 4o Fórum da Aliança das Civilizações. Em novembro de 2014, a presidente Dilma Rousseff visitou o Catar. Doha recebeu ainda a visita de chanceler brasileiro em 2005, em 2008 (Conferência sobre o Financiamento ao Desenvolvimento) e em 2011. Em 2017, visitaram o Catar o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e o ministro da Defesa brasileiros.

Em novembro de 2011, foi realizada, em Brasília, reunião de Consultas Políticas Brasil-Catar.

O potencial de evolução das relações bilaterais tem se mostrado, igualmente, no campo econômico. O intercâmbio comercial bilateral evoluiu sensivelmente desde 2000, passando de US$ 27 milhões para US$ 866 milhões, em 2017.

Cronologia das relações bilaterais

1974 – Brasil e Catar estabelecem relações diplomáticas (20 de maio). Criação da embaixada do Brasil no Estado do Catar, cumulativa com a embaixada em Jedá (Decreto n. 74.148, de 5/6/74)

1983 – A missão diplomática do Brasil no Catar passa a ser cumulativa com a embaixada em Abu Dhabi (Decreto n. 88.935, de 31/10/83)

1994 – O chanceler do Catar, xeique Hamad Jassen bin Jaber Al Thani, visita o Brasil. É acordada a abertura de embaixadas residentes em Doha e em Brasília (janeiro)

1994 – O ministro da Indústria, Comércio e Turismo, Élcio Álvares, visita o Catar (dezembro)

1997 – O Catar abre embaixada residente em Brasília

1999 – O Catar fecha sua Embaixada em Brasília, diante da falta de reciprocidade por parte do Brasil

2005 – O chanceler Celso Amorim visita Doha, ocasião em que entrega ao emir do Catar convite para participar da Cúpula ASPA e anuncia a abertura de embaixada residente do Brasil em Doha (fevereiro)

2005 – É criada (Decreto n. 5409, de 1/4/2005) e aberta (maio) a embaixada do Brasil em Doha

2007 – A embaixada do Catar em Brasília é reaberta (junho)

2008 – O chanceler Celso Amorim encontra-se com o primeiro-ministro e chanceler catariano, xeique Hamad bin Jaber Al Thani, em Doha, à margem da Conferência sobre o Financiamento ao Desenvolvimento

2009 – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva encontra-se com o emir Hamad bin Khalifa Al Thani, em Doha, à margem da II Cúpula ASPA

2010 – O emir Hamad bin Khalifa Al Thani, acompanhado do primeiro-ministro Hamad bin Jassen bin Jaber Al Thani, visita o Brasil em caráter oficial (janeiro)

2010 – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva realiza visita de Estado ao Catar (maio)

2010 – A consorte real, xeica Mozah bint Nasser Al Missned, viaja ao Rio de Janeiro para participar do 3o Fórum da Aliança das Civilizações, sendo recebida pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (27 a 29 de maio)

2010 – Inaugurada a primeira ligação aérea direta entre os dois países, operada pela Qatar Airways (24 de junho)

2010 – O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, realiza missão comercial ao Catar, acompanhado de uma delegação de mais de cem empresários brasileiros (dezembro)

2011O chanceler Antonio Patriota visita o Catar em caráter oficial. É recebido pelo emir, pelo primeiro-ministro e pelo ministro de Estado das Relações Exteriores (9 de março)

2011 – Reunião de Consultas Políticas Brasil-Catar, em Brasília (8 de novembro)

2011 – O vice-presidente Michel Temer participa, em Doha, do 4ª Fórum da Aliança das Civilizações (dezembro)

2012 – O vice-chanceler Khalid Al Attiyah visita Brasília e é recebido pelo vice-presidente da República, Michel Temer (2 de fevereiro)

2013 – O chanceler Antonio Patriota se reúne com o vice-chanceler Khalid Al Attiyah, à margem do 5º Fórum da Aliança das Civilizações, em Viena (fevereiro)

2013 – Criado, no âmbito do Congresso Nacional, o Grupo Parlamentar Brasil-Catar (atualmente inativo) (outubro)

2013 – Os ministros do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, e da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, participam, em Doha, do Fórum Internacional de Seguridade Social (novembro)

2014 – O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, visita o Catar, acompanhado de comitiva, tendo sido recebido pelo primeiro-ministro, xeique Abdullah bin Nasser Al Thani. Assinatura do acordo de irmanação entre Brasília e Doha (fevereiro)

2014 – O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, participa, no Catar, do Doha Goals International Forum (novembro)

2014 – A presidente Dilma Rousseff realiza visita oficial ao Catar (novembro)

2015 –  O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Celso Pansera, realiza visita oficial ao Catar e participa da Cúpula Mundial da Inovação em Educação (WISE) (novembro)

2016 – O xeique Joaan, irnão do emir e presidente do Comitê Olímpico do Catar, visita o Rio de Janeiro durante os Jogos Olímpicos de 2016

2017 – O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, visita o Catar (maio)

2017 – O ministro da Defesa, Raul Jungmann, visita o Catar (dezembro)

Fim do conteúdo da página