Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
belarus
 

Brasil e Belarus estabeleceram relações diplomáticas em 1992. Em 2001, Belarus abriu Consulado-Geral no Rio de Janeiro e, em 2010, Embaixada em Brasília. O Brasil instalou Embaixada residente em Minsk em 2011. Registram-se duas visitas de alto nível de autoridades bielorrussas ao Brasil: do então chanceler Sergei Martynov (2004) e do presidente Alexander Lukashenko (em 2010).

Em novembro de 2013, realizou-se, em Brasília, a I Reunião de Consultas entre Brasil e Belarus, conduzida pelo subsecretário-geral de Política I do Itamaraty, embaixador Antonio Carlos da Rocha Paranhos, e pelo vice-ministro dos Negócios Estrangeiros Aleksandr Guryanov. Firmaram-se acordos sobre consultas políticas e isenção parcial de vistos.

Belarus apoiou a candidatura do professor José Graziano ao cargo de diretor-geral da FAO e ofereceu suporte ao pleito brasileiro por um assento permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

O comércio bilateral tem sido deficitário para o Brasil, que importa grandes quantidades de cloreto de potássio e exporta principalmente fumo, caixas de marchas para caminhões e açúcar. A Embraer tem participado da renovação da frota de aeronaves da Belavia.


Cronologia das relações bilaterais

1991 – Brasil reconhece a independência de Belarus

1992 – Estabelecimento das relações diplomáticas

1994 – Visita do diretor do Departamento da Europa a Minsk, a primeira entre os dois países

1999 – Missão comercial bielorrussa ao Brasil

2004 – Visita do ministro dos Negócios Estrangeiros bielorrusso ao Brasil

2010 – Visita ao Brasil do presidente Aleksandr Lukashenko. Abertura da Embaixada da Belarus em Brasília

2011 – Abertura da Embaixada do Brasil em Minsk

2013 – I Reunião de Consultas Políticas Bilaterais

 
 
Fim do conteúdo da página