Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

armenia
Brasil e Armênia estabeleceram relações diplomáticas em 1992. A Embaixada do Brasil em Ierevan foi aberta em 2006. As relações bilaterais têm seu principal esteio na grande comunidade armênia residente no país – estimada em 40 mil pessoas, 25 mil das quais no Estado de São Paulo.

Em 2011, o chanceler da Armênia, Edward Nalbandian, visitou o Brasil por ocasião da cerimônia de posse da presidenta Dilma Rousseff. Na ocasião, reuniu-se com o ministro das Relações Exteriores, Antonio de Aguiar Patriota. Os chanceleres trataram das parcerias bilaterais para incrementar os fluxos de comércio e para promover cooperação em ciência, tecnologia e desenvolvimento industrial. Em 2013, o Brasil recebeu a visita do presidente da Assembleia Nacional, deputado Hovik Abrahamyan.

Os dois países também cooperam em defesa civil. O Brasil realizou doações para projetos voltados à nutrição infantil, ao assentamento de refugiados do conflito Nagorno-Karabagh e à assistência humanitária na Armênia.

A Embaixada em Ierevan também tem promovido a cultura brasileira na Armênia por meio da promoção de concertos, exposições de fotografias e de artes plásticas e mostras de cinema. O Brasil e Armênia são co-produtores de curta metragem dedicado à vida de Santos Dumont, intitulado "The Wild Bird from Brazil".

Cronologia das relações bilaterais

1991 – Raffi Hovhannissian, ministro dos Negócios Estrangeiros da recém-independente República da Armênia, realiza visita de trabalho ao Brasil

1992 – Brasil e Armênia estabelecem relações diplomáticas

1992 – Visita ao Brasil do presidente Levon Ter-Petrosyan, tanto para realizar visita oficial a Brasília como para participar da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento

1998 – Abertura do Consulado-Geral da Armênia em São Paulo

1998 – Visita do vice-chanceler Armen Baibourdian a Brasília

2001 – Visita do chanceler Vartan Oskanian a São Paulo e Brasília

2002 – Visita do presidente Robert Kotcharyan a Brasília

2006 – Abertura da Embaixada do Brasil em Ierevan

2010 – Armênia designa seu primeiro embaixador no Brasil

2011Delegação armênia chefiada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Edward Nalbandian, comparece à cerimônia de posse da presidenta Dilma Rousseff e mantém encontro com o ministro das Relações Exteriores, Antonio de Aguiar Patriota (2 de janeiro)

2012 – Visita a Brasília do vice-ministro dos Negócios Estrangeiros, Ashot Hovakimian, para participar da I Conferência de Alto Nível da Parceria para Governo Aberto (OGP) e reunir-se com o secretário-geral das Relações Exteriores e com o ministro das Relações Exteriores, Antonio de Aguiar Patriota

2013 – Visita a Ierevan da subsecretária-geral para Assuntos Multilaterais e Europeus, embaixadora Vera Machado. Além de buscar apoio à candidatura do embaixador Roberto Azevedo ao cargo diretor-geral da OMC, participa da Reunião de Consultas Políticas e profere palestra na Academia Diplomática

2013 – O presidente da Assembleia Nacional da Armênia, deputado Hovik Abrahamyan, acompanhado por onze parlamentares, visita São Paulo e Brasília. A delegação é recebida pelo presidente da Câmara dos Deputados, deputado Henrique Eduardo Alves, ocasião em que é assinado Memorando de Intenções para futura cooperação entre os Poderes Legislativos

2016 – O presidente da Armênia, Serzh Sargsyan, realiza visita oficial ao Brasil, ocasião em que é recebido pelo presidente da República em exercício, Michel Temer. O presidente Sarsgyan participa, também em Brasília, de cerimônia de lançamento da construção da Embaixada da Armênia, com a presença do ministro das Relações Exteriores, José Serra, e do ministro dos Negócios Estrangeiros da Armênia, Edward Nalbandian (12 de agosto)

 
 
Fim do conteúdo da página