Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Geórgia

georgia
O Brasil reconheceu a independência da Geórgia em dezembro de 1991 e estabeleceu relações diplomáticas com o país em abril de 1993. Em julho de 2010, foi aberta a embaixada da Geórgia em Brasília. O Brasil inaugurou embaixada residente em Tbilisi em junho de 2011.

A abertura recíproca de embaixadas impulsionou os contatos de alto nível, com a realização de diversas visitas de autoridades georgianas a Brasília: o chanceler Grigol Vashadze, em agosto de 2011; o primeiro-ministro Nika Gilauri, em abril de 2012; a chanceler Maia Panjikidze, em abril de 2013; e a vice-presidente do Parlamento da Geórgia, Manana Kobakhidze, em novembro de 2013.

O então presidente Giorgi Margvelashvili participou da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, em 5 de agosto de 2016, juntamente com o ministro dos Esportes. No mesmo ano, o então chanceler Mauro Vieira manteve encontro com o então chanceler da Geórgia, Mikheil Janelidze, à margem da 52ª Conferência de Segurança de Munique.

O então chanceler Aloysio Nunes Ferreira viajou a Tbilisi em 2017, quando sua contraparte foi convidada a visitar o Brasil. Tratou-se da primeira viagem de um chanceler brasileiro à Geórgia, ocasião em que foram considerados possíveis instrumentos para fortalecer o relacionamento econômico-comercial entre os dois países, além de possibilidades de cooperação em outras áreas, como tributária, aduaneira, turismo e defesa. Aloysio Nunes foi recebido pelo então presidente Giorgi Margvelashvili, o então primeiro-ministro Giorgi Kvirikashvili, e o então chanceler Mikheil Janelidze.

Em junho de 2018, o então ministro da Justiça, Torquato Jardim, realizou visita a Tbilisi, na qual examinou possibilidades de cooperação para combate ao tráfico organizado. Na ocasião, manteve reuniões com o vice-primeiro-ministro e ministro do Interior da Geórgia, Giorgi Gakharia, com a ministra da Justiça, Tea Tsulukiani e com o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros, David Zalkaliani.

Os novos chanceleres dos dois países encontraram-se em janeiro de 2019 à margem do Fórum Econômico Mundial, em Davos, quando voltaram a tratar da possibilidade de visita ao Brasil.

O Brasil exportou, em 2018, cerca de US$ 203 milhões à Geórgia.

Cronologia das relações bilaterais

1991 – Reconhecimento pelo Brasil da independência da Geórgia

1993 – Estabelecimento de relações diplomáticas

2010 – Primeira reunião de consultas políticas entre autoridades brasileiras e georgianas, em Tbilisi

2011 – Abertura da Embaixada do Brasil em Tbilisi (junho)

2011Visita ao Brasil do Ministro dos Negócios Estrangeiros da Geórgia, Grigol Vashadze (25 e 26 de agosto)

2012Visita ao Brasil do Primeiro-Ministro Nikoloz Gilauri, para a reunião anual da Parceria do Governo Aberto (13 a 19 de abril)

2012 – Visita ao Brasil do Ministro da Agricultura, Zaza Gorozia (maio)

2013Visita ao Brasil da Ministra dos Negócios Estrangeiros, Maia Panjikidze (2 a 4 de abril)

2016 – Reunião de trabalho do Ministro Mauro Vieira com o Ministro das Relações Exteriores da Geórgia, Mikheil Janelidze, à margem da 52ª Conferência de Segurança de Munique (13 de fevereiro)

2016 – Presidente Giorgi Margvelashvili participou da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro (5 de agosto)

2017 – Visita do ministro Aloysio Nunes Ferreira à Geórgia (Tbilisi, 16 de novembro)

2018 – Visita do ministro da Justiça do Brasil, Torquato Jardim, a Tbilisi (21 e 22 de junho)

Fim do conteúdo da página